gulosaudosismo

 

chá de Natal sueco

   Li  num fórum de mulheres portuguesas,  um post em que uma das utilizadoras, de partida para um fim-de-semana no Luxemburgo, pedia sugestões de restaurantes portugueses nesse país. (Quem conhece o Luxemburgo sabe bem que difícil é tentar encontrar alguém que não fale português, ou um local onde não se vendam carcaças e frangos assados.)

E isto porque, se há coisa sem a qual qualquer emigrante, português ou não, não pode viver é a sua comida. Perderá a língua, esquecerá eventualmente os hábitos e costumes, mas a pratada de chispe, mesmo  quando à mesa já só se sentarem os Jean Claudes e as Jessicas, lá estará para lembrar a dependência, quase genética, que temos em relação à comida dos nossos antepassados.

 Eu não sou imune a este gulosaudosismo, e mato por vezes saudades no paraíso virtual dos emigrantes portugueses, a loja do Continente online.

A propósito de um xarope de cenoura, receita da minha avó, que fiz para o viking, e que me fez lembrar o sabor do “chá” de limão com mel que costumava beber quando estava com dores de garganta, visitei as prateleiras online da secção “chás e infusões”.

Eu tinha a ideia de que uma chávena com água quente e umas ervas de molho, podia aliviar a tosse, ou um estômago fustigado pela supra citada chispalhada, mas estava errada. Dentro destes pacotinhos de “chá infusão” há cura e ajuda para quase todos os problemas, causados ou não pela gula.

Há “chás infusões” para a celulite, para a boa forma, com efeito spa, adelgaçante, há chá para a aliviar os problemas de pedra nos rins,  infusões ”barriga lisa”, ”ventre plano”, ” emagreplan”  e “emagriplan –  cintura” e “emigriplan –  homem”. Chás que promovem  um “colesterol saudável” e a “redução dos diabetes”. São cinco páginas de produtos, com preços desde 16 a 1500 €/kg.

Grande negócio este em que se transformou o “chazinho” de limão ou de camomila. Negócio e  desplante, porque é preciso ter lata para vender um chá “estimulante sexual”,  ou, espantem-se, “chá seios firmes”.  Mas será que há alguém no seu juízo perfeito que compre um chá com a ideia de que ficará com as mamocas mais rijas??  Será feito de silicone?

A mim chega-me o prazer de uma caneca de chá, âmbar de cor, com um cheirinho a Natal, açúcar e leite, o que não vai certamente ajudar a minha inexistente batalha contra a celulite.

About these ads

One comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s