Russos

 

Um dos bolos favoritos da minha mãe  que, quando estudava num liceu em Almada, os comia no Café Central com as amigas em dias especiais. (Aniversário do Elvis.)

Encontrei há algum tempo uma receita semi-industrial, mas pareceu-me pouco interessante. O sabor de claras com gelatinas não tem a riqueza nem a luxúria imprescindíveis a um bom russo.

Partindo da memória do sabor dos russos que costumava comer quando vivia em Portugal, criei a minha versão destes bolos. Ficaram deliciosos!

Podem optar por usar claras em castelo ou requeijão (eu uso cottage cheese) para o recheio. Com claras o creme fica mais leve, mas as claras não são cozinhadas, por isso, e se evitam comer ovos crus, um recheio com base de queijo é a melhor escolha.

Ingredientes: (4 russos de tamanho médio)

Para o recheio:

1 decilitro de leite

2 gemas

1 colher de café de essência de baunilha ou 2 de açúcar baunilhado

80 gramas de açúcar

2 decilitros de natas

250 gramas de requeijão (ou 2 claras batidas em castelo firme com duas colheres de sopa de açúcar)

5 folhas de gelatina

Para o bolo:

1 placa de massa folhada (100 gramas)

Açúcar e canela para polvilhar.

Icing sugar

Preparação:

Vamos começar com o recheio.

Coloquem a gelatina a amolecer em água fria

Batam as gemas  com o açúcar até terem um creme fofo, misturem a baunilha e o leite e levem ao lume em banho-Maria. Mexam levemente mas sem parar até  a mistura se tornar num creme macio. (Quando passam um dedo mas costas da colher de pau, o creme deve estar espesso o suficiente para deixar uma pequena estrada na colher.)

Deixem o creme arrefecer um pouco e adicionem as folhas de gelatina bem espremidas. Misturem bem. Passem o creme por um passador de rede e levem ao frigorifico numa tigela coberta com película aderente.

Batam em tigelas separadas o requeijão(ou as claras com o açúcar) e as natas e adicionem ao creme de gemas quando este estiver quase frio.

Forrem um recipiente   quadrado com película aderente, encham-no com o creme e levem a frigorífico até estar completamente sólido

O bolo:

Polvilhem a bancada com canela é açúcar. Estendam a massa folhada com um rolo, até conseguirem uma espessura de 2 milímetros. Cortem a massa em quadrados do tamanho que escolheram para os vossos russos. Piquem bem a massa com um garfo e levem-na ao forno num tabuleiro. Sigam as instruções de cozedura da vossa massa.

Montar os russos:

O recheio deve estar completamente sólido e a massa pronta e fria.

Desenformem o recheio  sobre papel vegetal.

Coloquem um dos quadrados da massa folhada sobre o recheio e cortem-no com um faca molhada. Levantem o recheio, virem-no e cubram-no com a segunda fatia de massa folhada.

Guardem no frigorífico e antes de servir polvilhem levemente com icing sugar.

About these ads

One comment

  1. Acho que é hoje que perco a cabeça e faço uns russos, para aproveitar o recheio de um velvet cake que sobrou… Iummy

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s