Comfort food para uma – arroz doce de Veneza/Venetiansk rispudding

by ana

(Scrolla ner för att läsa receptet på svenska.)

Ficar sozinha em casa por alguns dias tem também os seus benefícios, ver dez episódios de Grey´s Anatomy sem ninguém a revirar os olhos, ter a cama toda só para mim e para os gatos, e comer coisas de que apenas eu gosto, como é o caso da receita de hoje.
Já aqui vos falei em arroz doce, uma sobremesa que nem sempre apreciei mas que ao longo do tempo se tem vindo a tornar um favorito no que diz respeito a comfort food. Gosto comer um pratinho de arroz doce cremoso e ainda morno, feito sem ovos e onde se ainda notem os baguinhos doces de arroz.
Encontrei esta receita de Arroz Doce de Veneza neste livro. Nunca tinha provado arroz doce com passas, Marsala e uma pitada de noz-moscada, mas garanto-vos que é uma delícia, cada colher cheira e sabe a conforto, quase a Natal. Indico os ingredientes para quatro pessoas, eu fiz apenas, e já estou arrependida, um quarto da receita.

 

Ingredientes (4 pessoas)

  • 7 ½ dl de leite
  • 2 ½ dl de natas
  • Baunilha (fresca, essência, o que tiverem em casa)
  • 50 gramas de açúcar
  • 1 pitada de canela em pó
  • 1 pitada de noz moscada em pó
  • 1 colher de sopa de raspa de casca de laranja
  • 50 gramas de sultanas
  • 3 colheres de sopa de vinho Marsala, ou equivalente
  • 110 gramas de arroz (a receita original sugere risotto)

Preparação:

Coloquem as passas de molho no vinho.

Num tachinho levem ao lume todos os ingredientes e cozinhem em lume brando até o arroz estar ao vosso gosto. O meu cozeu por vinte minutos. Adicionem o vinho e as passas, cozam mais uns minutos. Dividam por tigelinhas e sirvam morno, decorado com mais um pouco de raspa de casca de laranja ou uns salpicos de canela.

Receptet från Desserter.

Ingredienser (4 portioner)

  • 7 ½ dl mjölk
  • 2 ½ dl vispgrädde
  • 1 vaniljstång, delad
  • 50 g strösocker
  • ¼ tsk malen kanel
  • En nypa riven muskot
  • 1 msk riven apelsinzest
  • 85 g sultanrussin
  • 2 msk konjak eller sött Marsalavin
  • 110 g risotto eller grötris

Tillagning:

 Häll mjölken, grädden och vaniljstången  i en tjockbottnad kastrull, låt det bara precis koka upp, och ta sedan bort kastrullen från värmen. Tillsätt socker, kanel, muskot och apelsinzest, och ställ åt sidan.

Häll sultanrussinen med konjaken i en liten skål och låt dem dra. Tillsätt riset till mjölken, och ställ tillbaka kastrullen på spisen. Låt sjuda. Och rör ofta i 35 minuter eller tills riset  blivit krämigt. Rör ner sultanrussinen och ta bort vaniljstången när sjudningen är klar. Servera rispuddingen varm eller kall.

About these ads

10 Comments to “Comfort food para uma – arroz doce de Veneza/Venetiansk rispudding”

  1. Comecei a ler e já ia toda entusiasmada até ler a palavra “passas” :) É a única coisa que não gostei, de resto está tudo perfeito, os gatos, os espisódios de anatomia, o estar sozinha e o arroz doce… sem passas he he Obrigada pela visita ao meu blog!

  2. Ana
    Vim hoje aqui pra agradecer pelas palavras de carinho pelo aniversário do meu blog.
    Sua presença constante fortalece nossa amizade.
    Bjs
    Deborah

  3. Eu tiro as passas e de resto quero experimentar a receita que já tenho saudades de um arroz doce :)

  4. PARA MIM ESTA PERFEITO ASSIM , ADORO PASSAS, E ANDO COM MUITA VONTADE DE COMER ARROZ DOCE.
    BJS

  5. Outra taçinha para aqui sem passas s.f.f.!!!Receita divina!

    Bjokas
    Rita

  6. Ana eu não gosto de arroz doce, mas com tanta receita que tenho visto pelos blogs um pouco diferente do habitual, até dá vontade de fazer e provar, talvez fique a gostar! :)

    Bjs

  7. Caríssima
    Ficar sozinha de vez enquando faz mesmo bem!
    Que fofa, você tem gatos! Adotei uma gatinha de rua, dou comida, faço carinho, mas quando tento leva’-la para dentro do apartamento ela escapa. Fazer o quê, né, é a sua natureza. A minha preocupação é que ela esta’ para ter gatinhos!! Mãe sofre – hehehe!
    Também adoro arroz doce e é realmente comfort food. Gostei muito dessa receita com passas e Marsala e irei anotar, pois quero experimentar.
    Muito obrigada pelo carinho de sempre.
    Um abraço
    Léia

  8. Eu nunca fiz arroz doce na vida, até parece mal dizer isto, mas é a mais pura das verdades. Como eu sou amiga de pôr especiarias em doces, parece-me que devo gostar dessa versão.
    Entretanto passei por aqui para dizer que comecei ontem mais um isco e até agora parece-me bem de saúde. Hoje ao dividir a massa resolvi não deitar fora nada, ao invés resolvi fazer um isco de centeio e outro de trigo. Vamos ver o que isto dá.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: