Month: September 2011

Fraisiers – Desafio dos daring bakers –com muito atraso…

 A Jana do Cherry Tea Cakes  foi a nossa anfitriã em Julho e desafiou-nos a fazer uma sobremesa clássica francesa, Fraisiers,  uma sobremesa requintada composta por camadas de bolo chiffon, mousse e morangos ou outra fruta. As receita que inspiraram a Jana a criar este desafio são de Elisabeth M. Prueitt  e Chad Robertson  e foram retiradas do livro Tartine. Como sabem este Verão tenho passado pouco tempo online e na cozinha, e por isso acabei por me atrasar com o desafio e perder a data de publicação. Ainda assim, podem ver os espectaculares Fraisiers dos outros participantes na página dos Daring Bakers.

Este post contem as receitas:

  1.  Bolo chiffon de limão
  2. Mousse de baunilha
  3. Xarope de água de rosas

Os elementos obrigatórios este mês foram:

- fazer  o bolo, a mousse de creme de pasteleiro, um  xarope simples. Montar o bolo, não podíamos servir a sobremesa estilo triffe. 

Os sabores do bolo, xarope, mousse, e fruta ficaram ao  nosso critério. Eu  optei por sabores frescos e adequados a esta época e que combinassem com os frutos que escolhi, morangos e nectarinas, chiffon de limão, mousse de baunilha, e um levíssimo xarope de água de rosas. Podem ler as receitas originais  e outras opções de sabores, aqui.

Bolo Chiffon de limão:

Ingredientes:

  • 155 gramas de farinha
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • 170 gramas de açúcar
  • 1 pitada de sal
  • 60 ml de óleo vegetal
  • ½ colher de chá de sal
  • 60 ml de óleo alimentar
  • 80 ml de água
  • Raspa e sumo de 1 limão
  • 5 claras de ovo
  • 3 gemas de ovo

 Preparação:

Aqueçam o forno a 160ºC. Forrem o fundo de uma forma com papel vegetal, não barrem a forma porque o bolo tem de se “agarrar às paredes” para crescer. Batam as claras em castelo, aos poucos juntem 3 colheres de sopa de açúcar, batendo até obterem um merengue.  Noutra tigela misturem todos os restantes ingredientes e batam com a batedeira eléctrica durante um minuto.  Cuidadosamente envolvam os dois preparados. Deitem a mistura na forma e levem ao forno durante 45 a 50 minutos. Desenformem e deixem arrefecer.

Recheio de creme de pasteleiro

Ingredientes:

  • 250 ml de leite
  • ½ colher de chá de extracto de baunilha
  • 1 pitada de sal
  • 2 colheres de sopa de Maizena
  • 55 gramas de açúcar
  • 1 ovo
  • 30 gramas de manteiga
  • 2 folhas de gelatina
  • 250 ml de natas batidas em chantilly

Preparação:

Aqueçam o leite com o sal e a baunilha. À parte batam o ovo com a maizena e o açúcar. Quando o leite estiver quase a ferver deitem-no aos poucos e sem parar de bater, ao segundo preparado. Passem a misturem de novo para o tacho e levem ao lume sempre a mexer até o creme engrossar.

Retirem do lume, deixem arrefecer um pouco e incorporem as duas folhas de gelatina, previamente demolhadas.Acrescentem a manteiga em cubinhos e misturem bem.

Passem a mistura por um passador de rede fina, cubram-na com película aderente e reservem no frigorífico até que esta arrefeça  completamente. Nessa altura envolvam no creme de pasteleiro as natas e voltem a reservar até à altura da montagem do bolo.

Xarope

Ingredientes:

  • 75 gramas de açúcar
  • 80 ml de água
  • 20 ml de água de rosas

Preparação:

Levem a lume brando o açúcar com a água até que o primeiro se dissolva completamente. Retirem do fogão e acrescentem a água de rosas. Reservem.

Montagem:

A receita original indica que para além destes elementos devemos acrescentar uma camada de maçapão, mas penso que tornaria a sobremesa demasiado pesada pelo que omiti este passo na minha versão.

Vamos precisar de:

-  bolo chiffon

- recheio de creme de pasteleiro

- xarope

- 800 gramas de fruta ao vosso gosto.

Comecem por cortar o bolo em duas fatias horizontais.

Forrem a forma onde cozeram o bolo com película aderente e coloquem dentro dela a primeira fatia de bolo. Borrifem com parte do xarope. Cubram com uma fina camada de mousse, e disponham a fruta em padrões e de modo a que se veja quando se desenforma o bolo.  (Esta parte não me correu bem)

Muito cuidadosamente cubram com o restante creme, e a segunda fatia de bolo ensopada em xarope. Levem ao frigorífico até à hora de servir.

Setembro, o regresso a casa e o início do mês das colheitas – Geleia de Lingon

Com saudades do Sol, da praia e da família, regressámos a casa. É Setembro, por aqui o fim do Verão chega com a tentativa de guardar os últimos raios de Sol em frascos, a preparação de doces, geleias e outras compotas, a grande colheita de frutos e, o passatempo favorito de muitos suecos nesta época do ano – apanhar cogumelos.

Lingon, amora alpina ou arando vermelho, é uma pequena e quase amarga baga muito popular na Suécia e com a qual se prepara uma deliciosa geleia, ideal para acompanhar carne, as tradicionais almôndegas, ou usada em bolos e sobremesas.

Para a minha geleia de Lingon usei açúcar com pectina, que já se vende também em Portugal, uma excelente opção para a preparação de geleias de frutos mais delicados em muito menos tempo e com menos açúcar. A receita é facilmente adaptável a outros frutos silvestres caso não encontrem em Portugal lingon.

Ingredientes:

  • 600 gramas de bagas de lingon
  • 200 gramas de açúcar com pectina
  • ½ dl de água

Preparação:

Depois de limpas misturem as bagas de lingon com o açúcar e a água num tachinho. Levem a lume médio e fervam durante 6 minutos. Retirem a espuma que se vai criando cuidadosamente, são impurezas que vão tornar a geleia menos clara e “limpa”. Depois de fria guardem a geleia em frascos no frigorífico. Dura o tempo que lhe conseguirem resistir.