Na marmita esta semana – Kassler com legumes assados

by ana

Um dos problemas que noto quando preparo marmitas para o viking, é que na maior parte das vezes a carne depois de cozinhada, congelada e aquecida, fica seca e com um aspecto pouco agradável. Evito portanto carne como bifes, bifanas ou carne assada. Em vez disso faço imensos estufados  e uso peças como fiambre e kassler. A vantagem dos últimos é que já se compram pré-cozinhados e têm uma camadinha de gordura que ajuda a carne a continuar suculenta.

 

 O kassler é uma peça de lombo de porco tradicional na Alemanha e muito comum também na Suécia e na Dinamarca. A carne é ligeiramente salgada e fumada, o sabor e aspecto é mais semelhante a fiambre do que enchidos como paio. (Pelo que me lembro do sabor do paio :) ) Em Portugal  não sei se o conseguirão encontrar, mas podem usar porque não, uma peça de fiambre. Parece-me que comer fiambre sem ser em sandes, não é muito comum em Portugal, estarei errada?

 

Para este tipo de marmitas podem variar as ervas aromáticas que usam na carne e os legumes.   Habitualmente evito usar batatas porque não gosto do seu sabor e textura depois de congeladas, opto nabo sueco ou outro tipo de root vegetables de Inverno, no Verão escolho combinações mais leves.

Para 4 marmitas tamanho viking usei:

Ingredientes:

  • 1 nabo sueco  – descascado e partido em cubos grandes
  • 2 pimentos
  • 2 bolbos de funcho
  • 1 peça de kassler ou fiambre
  • Azeite
  • Sal e pimenta
  • Pimentão doce em pó
  • Tominho seco (já fiz também com alecrim e foi bem recebido pelo meat eater)

Preparação:

Se estão a usar root vegetables (tubérculos?), comecem por lhes dar uma pré cozedura em água com sal. O tempo que este prato demora no forno não é suficiente para que fiquem tenros.

Aqueçam o forno a 150ºC

Massagem a peça de carne (massagem soa-me tão mal, mas esfreguem ainda é pior…) com as ervas secas e o pimentão.

Num tabuleiro coloquem o funcho e os pimentos. (se os pedaços de funcho forem maiores, coloco funcho e passados 10 minutos os pimentos.) Temperem com sal e pimenta, um fio de azeite e levem ao forno até estarem quase completamente cozinhados.

Quando o nabo estiver tenro, (mas sem de desfazer), escorram-no e acrescentem-no aos outros legumes. Salpiquem-nos com as ervas secas e agitem o tabuleiro. No centro coloquem a carne. Levem ao forno até a carne estar douradinha e os legumes cozinhados. Quer usem fiambre quer encontrem kassler, não se esqueçam de que estas carnes já estão preparadas, e portanto só vão ao forno para ganhar um pouco de gosto e cor, não precisam de estar preocupados com tempo ou temperatura da carne.

About these ads

14 Comments to “Na marmita esta semana – Kassler com legumes assados”

  1. Ana,
    Ninguém diria que é uma marmita. Está uma refeição tão bonita…Não se cá conseguimos encontrar kassler, só mesmo o fiambre que, ainda assim, não é muito comum nestas preparações, mas já se vai encontrando em alguns restaurantes. Tens razão quanto à batata. Fica péssima quando é congelada e descongelada de seguida.
    Beijinhos

  2. É bem verdade que por cá não é muito normal comer-se fiambre sem ser em finas fatias dentro do pão. Mas eu utilizo muito bifes de fiambre para cortar em cubos e colocar no arroz, em bolas, em queques salgados e naquilo que me ocorrer. Aqui no Porto há um restaurante onde se come um pernil de porco assado e que parece uma bela peça de fiambre. Vocês também iam gostar. Portanto, já temos a francesinha e o pernil para a vossa vinda :)

  3. Nunca vi Kassler por cá, mas que tenho a certeza que esta marmita deixou o teu Viking com um sorriso de satisfação isso tenho a certeza que sim.
    Obrigada por esta requintada marmita ;)

  4. Ana, por cá realmente não é muito normal comer o fiambre sem ser em fatias no pão. Mas já experiemntei umas duas vezes assar uma peça de fiambre e gostamos muito do resultado. Gostei desse Kassler, fica com um aspecto suculento. na marmita também evito carnes tipo lombo e bife grelhado, fica muito seco, e dou preferência aos estufados. Tens razão quanto à batata!
    Não posso deixar de olhar para essa refeição e não me parece nada uma marmita! Está linda e convidativa :)
    Um abraço.

  5. JA VI VÁRIAS RECEITAS DE FIAMBRE ASSADO E ACHEI UMA DELICIA , POR ACASO NUNCA FIZ.
    POR VEZES COMPRO UMA FATIA BEM GROSSA MAS PARA GRELHAR.
    ESSA MARMITA ERA 5* MESMO.
    O VIKING É UM SORTUDO.
    BJS

  6. q marmita bonita! eu por aqui como mt frango! ou carne de porco picada..a carne continua suculenta de pois de congelar,é o melhor. faço tb mtas receitas so de vegetais e/ou com soja.. em termos de peixe, aqui é tao fraquinho (e caro!) q acabo por comer atum em lata bah! :/

  7. Pois, eu deparo-me com esse mesmo problema! A carne picada em almondegas ou bolonhesa fica muito bem e o frango estufado marca presença assiduamente ☺
    Bjinhos

  8. Olá Ana :)
    Pois, por aqui não é muito comum cozinhar as peças de fiambre inteiras, mas tenho ficado bastante curiosa com esse tipo de receitas! Eu não costumo marmitar, mas essa receita fazia facilmente as delícias em qualquer refeição cá de casa! Tenho que experimentar fazer uma peça desse tipo um dia destes, parece-me bastante deliciosa! Uma das coisas que já me tem ocorrido é ter algumas refeições congeladas para os dias em que chego tarde e não apetece nada ainda ir cozinhar e estas tuas marmitas estão a dar-me um grande empurrão na concretização dessa ideia! :D
    Beijinhos :)

  9. Uma mamita requintada, ficou com um aspeto muito bonito. Por cá não se usa muito cozinhar o fiambre. Fiquei curiosa em relação a esse legume.
    Bjs

  10. Oh Anaaaaa… esses legumes estão de morrer de tão lindos que estão :D:D
    Quanto a cozinhar o fiambre confesso que nunca tal me havia passado pela cabeça, mas agora que mencionas… e porque não?!

  11. Pois, tens razão. Por cá não se utiliza muito fiambre em peças grandes ou bifes. Mas eu já experimentei (em bifes) e gostei bastante! A ideia de colocar uma peça grande de fiambre no forno continua a chamar por mim, e agora voltou ao de cima.. com esta tua receita.

    Tania *

  12. Olá Ana,

    Sou uma estudante universitária adepta da marmita, pois é uma forma económica e saudável de trazer uma boa refeição feita em casa! Costumo seguir o teu blog e dou-te os parabéns pelas receitas deliciosas que aqui pões (já confeccionei algumas e adorei!) e agradecia-te imenso caso possas disponibilizar mais receitas de marmita!

    Beijinhos!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: