Archive for ‘saladas’

December 15, 2011

Rödbetssalad/Salada de beterraba – mais uma receita da mesa de Natal sueca

by ana

Conforme vos havia prometido aqui fica a receita da salada de beterraba típica da Julbord sueca e finlandesa. Há bastantes variantes desta receita e podem combinar os diversos ingredientes conforme mais vos agradar. É um acompanhamento simples e delicioso, aqui servido geralmente com a secção da Julbord de carnes frias.

 

Alguns leitores pediram-me também que publicasse a receita dos ovos recheados, mas a verdade é que eu não como ovos e o meu viking já anda há semanas a almoçar Julbords com  fornecedores e clientes e está fartinho de comida de Natal. Sendo assim, vou deixar a receita na página da Anasbageri no Facebook, acompanhada por uma fotografia do livro de receitas para terem uma ideia do aspecto do prato.

Uma palavra de agradecimento a todos os que têm seguido com tanto carinho a Padaria em especial durante este mês, muito obrigada! A partir de amanhã, para além de mais receitas e curiosidades do Natal sueco,  vou publicar também uma série de sugestões para presentes deliciosos e que podem rapidamente preparar em vossas casas.

E a receita, mais simples não pode ser, todos os ingredientes e quantidades  ficam ao vosso critério. Misturar legumes crus e cozidos é uma boa  opção porque obtemos uma salada com vários sabores e texturas.

Ingredientes:

  • Beterraba cozida ou em conserva cortada em cubinhos (reservem umas colheres da água de cozer as beterrabas, ou do líquido da conserva).
  • Batatas cozidas em cubinhos

e/ou

  • maçãs em cubinhos

e/ou

  • cenouras cruas em cubinhos

e/ou

  • aipo picado

e/ou

  • pepino em conserva

e/ou

  • cebolas roxas picadinhas

Para o molho:

  •  Iogurte grego ou creme fraiche ou sourcream
  • Sal e pimenta
  • Mostarda
  • Umas colheres da água de cozer as beterrabas para dar cor

Para servir e decorar

  • Um pouco de salsa ou endro picado
  • Ovos cozidos

Preparação:

Numa tigela grande misturem o sourcream com um pouco de mostarda e água de cozer as beterrabas, temperem. Com  cuidado juntem a este preparado os legumes frios. Devem ter molho suficiente para cobrir os legumes, quase como se estivessem a fazer salada russa.

Decorem com endro ou salsa e  sirvam simples ou com ovos cozidos picadinhos.

October 21, 2011

Salada perfumada de cuscuz e um livro para o fim-de-semana

by ana

 Uma forma simples e deliciosa de preparar cuscuz, um alimento de origem africana hoje popular nas cozinhas de quase todo o  mundo. Acompanhando carne, peixe ou vegetais, rico em especiarias, temperos, servido com prato principal ou sobremesa, raro deve ser o sabor que estas bolinhas douradas não estão prontas a absorver. A Portugal pensa-se que tenha chegado no reinado de D. Manuel I, mesmo a tempo de beneficiar das especiarias que nessa altura enriqueciam o país e o paladar dos portugueses.

A propósito de especiarias, deixo hoje a sugestão de um livro que estou a ler e do qual estou a gostar imenso: The Taste of Conquest: The Rise and Fall of the Three Great Cities of Spice de Michael Krondl. Uma viagem pela história e a vida actual de três cidades relacionadas com o comércio de especiarias: Veneza, Lisboa e Amesterdão.

E sem mais demoras a receita de hoje:

Ingredientes: (2 pessoas)

  • 300 gramas de legumes a vosso gosto (usei uma mistura de cenouras, cebolas, cogumelos, milho bebé e feijão verde redondinho)
  •  2 colheres de sopa de azeite (podem usar menos)
  •  1 colher de chá de sumac
  •  1 pitada de canela
  •  Sal e pimenta q.b.
  • 1 dl de cuscuz
  •  1 dl de água
  •  Raspa de 1 limão

 Preparação:

A marca de cuscuz que uso indica que se deve usar uma medida de água para a mesma quantidade de cuscuz, mas é sempre aconselhável verificarem o que diz a vossa embalagem antes de começarem a receita. O cuscuz não precisa de ser cozinhado e está pronto em cinco minutos, por isso preparem-no mesmo antes de comer. Eu costumo preparar o meu directamente no prato ou tigelinha de servir.

Numa frigideira cozinhem os vegetais num pouco de azeite, não os deixem ficar demasiado moles! Temperem a gosto, mas lembrem-se que é com esta preparação que vão também dar gosto ao cuscuz.  Acrescentem a medida de água e deixem levantar fervura.

Deitem o preparado sobre o cuscuz, com água e tudo, mexam rapidamente e tapem. Deixem descansar 5 minutos. Polvilhem com raspa de limão antes servir.