Doces, conservas e compotas

Açúcar com menta

Uma mini receita que vale a pena ter sempre à mão. Podem usar este açúcar nas vossas bebidas, com fruta, para fazer bolos ou gelado de menta.

Num processador de alimentos (1,2,3) misturem 300 gramas de açúcar com 80 gramas de folhas frescas de menta, limpas, lavadas e secas. Antes de guardar deixem secar bem. Conserva-se fresco e perfumado durante meses.

A Pastelaria · bolos e sobremesas · Daring Bakers

Profiteroles – passo a passo

Vejam que outras receitas podem fazer com esta massa:

Leiam o update desta receita com o craquelin que faz os profiteroles ainda mais bonitos neste post de 2016

Rins com chocolate

Duchese com chantilly  (eclairs)

A esta massa chama-se massa de choux, é muito versátil, com ela podem fazer profiteroles, tíbias, eclairs, rins, Paris brest, e o famoso croquembouche, o bolo de casamento tradicional em França.

Continue a ler “Profiteroles – passo a passo”

Doces, conservas e compotas

Doce de Morangos

Agora que o preço dos morangos desceu para três euros o quilo, está na hora de fazer alguns frascos de doce na esperança de preservar algum calor e luz para os dias de Inverno que daqui a nada estão a chegar.

Esta receita foi-me enviada pela minha tia, boleira -mor e guardiã das receitas da família. 

Preparem-se porque demora quatro dias a fazer, mas vale a pena, os moranguinhos ficam inteiros a nadar numa geleia leve e deliciosa.

 Ingredientes:

Morangos e o mesmo peso de açúcar.

 Podem, se assim o desejarem, cortar um pouco na quantidade de açúcar, mas com cuidado, eu já o tentei fazer, usando apenas 7/10 do açúcar recomendado e acabei por ter de ferver o doce por mais tempo do que o previsto para concentrar o açúcar. Em termos de sabor o doce ficou mais pesado, os morangos desfizeram-se um pouco e a cor tornou-se muito mais escura.

 Preparação

Dia  1 –  Coloquem os morangos lavados e sem pé num tacho grande, por cima deitem o açúcar, tapem o tacho e coloquem-no no frigorífico.

 Dia 2 – Fervam o doce durante 7 minutos.  Podem ir retirando a espuma que se vai criando. Esta espuma são apenas pequenas impurezas, retirando-a vão conseguir que a geleia final fique mais clara e límpida. Deixem arrefecer e coloquem no frigorífico.

 Dia 3 – Procedam da mesma forma do que no dia anterior, mas fervam o doce por apenas 6 minutos.

Dia 4- Procedam da mesma forma, fervendo o doce por 5 minutos. Deixem arrefecer e coloquem em frascos impecavelmente limpos, se os tiverem esterilizado, melhor. Guardem o doce no frigorífico, dura vários meses.

bolos e sobremesas

Tarte de Morangos e Limão

 

A minha receita é de tarte de morangos, mas pode obviamente usar qualquer fruta madura e suave. Como os morangos aqui não são particularmente doces, costumo prepará-los com um pouco de açúcar de menta.

Ingredientes:

1 receita de base para tartes doces (ou outra base para tartes)

½ receita de lemon curd (ou sumo de um limão com duas colheres de sopa de icing sugar)

3 decilitros de natas

50 gramas de chocolate de culinária

Morangos para decorar

Preparação:

Preparem a base da tarte e deixem arrefecer.

 Derretam em banho-maria ou no micro-ondas o chocolate com 2 colheres de sopa de natas (sem estarem batidas). (Muito cuidado a derreter chocolate no micro-ondas, façam-no devagar e em temperatura baixa.)  Pincelam ou fundo da tarte com o chocolate e deixem arrefecer.

Batam as restantes natas e juntem o lemon curd, ou sumo de limão com icing sugar. Provem porque o sumo de limão pode ser mais ou menos ácido. Cubram a tarte com esta mistura.

Decorem com morangos ou outra fruta ao vosso gosto.