bolos e sobremesas · Cremes, molhos, gelados e mousses

Tarte de ganache de chocolate, framboesas e creme de alfazema ou lavanda- Mais uma receita do MasterChef Austrália

Embora já tenha publicado várias receitas do MasterChef Austrália, ainda não tive oportunidade de falar convosco acerca deste programa. Há anos que sigo os MasterChef de vários países, mas o Australiano, quer terminou há pouco tempo a terceira temporada, é sem dúvida o meu favorito. E se é verdade que como muitos outros fãs defendo que o programa devia focar  menos  a “choraminguice e palhaçada” e dar mais destaque à culinária,  o facto é que tenho, através das Master Classes e das receitas dos muitos chefes convidados, aprendido imenso. Gosto de seguir as receitas, gosto da simpatia dos mentores e júris, e gosto principalmente de acompanhar os concorrentes na grande aventura das suas vidas. Patético, podem julgar, mas admito que me comovi quando os concorrentes estiveram em Londres e cozinharam com Heston Blumenthal, se isto não é a concretização do maior sonho de todos os cozinheiros amadores, o que será?

E vocês? Seguem o programa? Têm concorrentes e episódios favoritos? Sobre a versão portuguesa, o que me dizem? Eu vi uns pedacinhos online e fiquei arrepiada, na minha opinião uma cópia muito má da pior versão do MasterChef que existe, e olhem que eu já vi muitas, o MasterChef Estados Unidos.

A receita que partilho hoje, foi criada pela concorrente Fiona Inglis. Já a preparei antes das férias, mas entretanto tinha ficado esquecida na pasta dos “por publicar”. É uma sobremesa deliciosa e diferente, que usa uma das combinações de que mais gosto, chocolate e alfazema. Em vez de formas individuais usei uma forma de tarte com 23 cm de diâmetro. Como sempre quando cozinhamos com flores, cuidado com a proveniência das mesmas, usem apenas flores que sabem não terem sido tratadas com pesticidas!

Ingredientes:

240 gramas de farinha de trigo
160 gramas de manteiga
1 pitada de sal
300ml  de natas gordas
1 colher de sopa de açúcar (icing sugar de preferência)
1 colher de chá de flores de alfazema, mais um pouco para polvilhar.
1 caixinha de framboesas

Para o ganache:

160 ml de natas

40 gramas de manteiga

180  gramas de chocolate escuro picado

Preparação:

Misturem a farinha, manteiga e sal no processador de alimentos  até obterem uma textura parecida com a de migalhas. Aos poucos vão acrescentado colheres de água, só o suficiente para ligar a massa. Com o preparado formem um disco, embrulhem-no em película aderente, e guardem-no no frigorífico durante 30 a 60 minutos.

Com a massa forrem a forma/formas de tarte, piquem o fundo com um garfo e deixem descansar no frigorífico mais 20 minutos.

Preparem o ganache.Numa panelinha aqueçam as natas com a manteiga até esta estar derretida. Deitem o preparado sobre o chocolate e misturem até o chocolate derreter.

Aqueçam o forno a 180ºC. Forrem a forma (por cima da massa) com papel vegetal ou papel de alumínio. Dentro da forma coloquem arroz, grão ou feijão e levem ao forno durante 7 a 10 minutos. (Aprendi com o Chef Blumenthal a usar moedas em vez de grão para esta primeira cozedura a que se chama Blind-bake.) Passado este tempo retirem  o grão/ moedas e papel e voltem a colocar no forno por mais 5 a 10 minutos, até a tarte estar cozida e douradinha. Deixem arrefecer antes de desenformar.

Entretanto batam as natas com açúcar, misturem cuidadosamente as flores e guardem no frigorífico.
Encham a tarte com o ganache espalhando-o bem por toda a superfície. Por cima coloquem as natas e decorem com framboesas e umas florinhas de alfazema.