comida sueca · Natal

Véspera de Natal na Suécia – tradições e ementa

Não sei como é o  Natal nas vossas casas, mas na minha família a ceia de dia 24 requer dias de preparação e horas infinitas passadas na cozinha.  Na Suécia, e pelo que tenho experienciado e lido, a Julafton ou noite de Natal, parece ser muito mais calma e simples de preparar. Não sei se ainda há pessoas que curam salmão em casa, preparam as conservas de peixe. Na família do viking quase tudo se compra feito, todos os pratos de peixe vêm de um fumeiro local, o fiambre já se compra pré cozinhado, a minha sogra faz almôndegas, e alguns acompanhamentos. A sobremesa como puderem ler no post de ontem demora meia hora a fazer. Honestamente, e sem exagero penso que ainda que se façam alguns pratos em casa, 3 horas são o suficiente para  se preparar a refeição sueca da noite de Natal à qual se chama Julbord (Jul “Natal” + Bord “Mesa”).

A tradição de servir uma espécie de Buffet com este nome, está ligada às celebrações pagãs do solstício de Inverno, sobre este assunto escreverei mais tarde um outro post.

Na minha família sueca, e em muitas outras, os festejos da véspera de Natal, começam sem falta às três da tarde. A esta hora sentamo-nos em frente à televisão, e enquanto bebemos glögg e comemos bolachas de gengibre e chocolates, assistimos ao Kalle Anka och hans vänner önskar God Jul  –  O Pato Donaldo e os seus amigos  desejam um bom Natal.

É programa especial de Natal de Disney que passa na televisão sueca desde 1960 e que ainda é visto por um terço da população neste dia. Os maiores fans do programa na família são o meu cunhado e o viking que literalmente sabem partes do texto de cor. Pessoalmente, acho esta parte do dia uma valente seca, e com a noite a chegar, aquecida pelo Glögg, acabo sempre por adormecer no sofá.  Os meus sobrinhos também não têm paciência para desenhos animados e costumam sentar-se a ler na outra sala, mas eu nunca tive coragem de fazer o mesmo.

Assim que o programa acaba eu suspiro de alívio, e volto a sentar-me porque o meu cunhado troca imediatamente de canal e voltamos a ver o mesmo programa na versão dinamarquesa.

bild – AFTONBLADET/ fotografia do Jornal Aftonbladet

Por volta das seis da tarde, em Portugal a esta hora ainda o meu pai anda às compras porque nos falta sempre qualquer coisa, começa na Suécia a consoada.

A julbord é um enorme buffet organizado em várias secções. (Não pensem que é passar com o prato e cada um tira o que quer, aqui há regras. Tudo em fila indiana de prato na mão para o buffet, servimo-nos de uma secção, comemos, voltamos todos ao buffet, próxima secção… não admira que depois de horas nisto, haja pouca vontade para doces.

A Julbord não é servida exclusivamente na Noite de Natal, ao longo do mês de Dezembro muitos restaurantes servem esta refeição. Se leram o Hipnotista  de Lars Kepler, lembrar-se-ão do jantar de Natal em que participa o Detective Joona, uma Julbord servida no Restaurante Solliden em Estocolmo.

Vamos à ementa: (alguns pratos dependem da região e tradições familiares)

(Mais fotografias quando publicar as receitas)

Secção 1 –  Peixes frios

  • Gravad lax/ Salmão curado –  salmão preparado com sal, açúcar e endro. Em Portugal já se vende no Ikea. (a tradução que fizeram para salmão marinado está obviamente errada)
  • Rökt lax/Salmão fumado
  • Inlagd sill – vários tipos de arenque em conserva. (já à venda no Ikea)
  • Rökt ål/ Enguia fumada
  • Ägghalvor med räkor, stenbitsrom och kaviarkräm/ Ovos cozidos recheados com camarões,  e “caviar”.
  • batatas e ovos cozidos
  • sourcream com endro
  • molho para gravad lax

Secção 2 –  carnes frias

  • Julskinka/fiambre de Natal
  • Leverpastej/ Pasta de figado
  • Vários tipos de enchidos frios
  • Beterraba e pepinos em conserva
  • Pão  de vários tipos incluindo o Vörtbröd (receita aqui)
  • Queijo (o mais tradicional é o queijo parecido ao  flamengo de casca vermelha)
  • Rödbetssalad/Salada de beterrada (receita aqui)

Secção 3 –  Pratos quentes:

  • Köttbullar/ almôndegas
  • Prinskorv/ salsichas (parecidas com as vulgares salsichas de lata)
  •  Revbenspjäll/ costeletas de porco assadas
  •  Janssons frestelse /tentação do Jansson –   gratinado com batatas e anchovas
  • Rödkål, Långkål, Brunkål/ Vários tipos de couve preparados com açúcar, xarope e especiarias
  • Vário tipos de mostarda e molhos
  • Lutfisk – Um prato de peixe que pode ser também servido como a secção 4 do buffet. Este peixe é seco mas sem sal como o nosso bacalhau. Tem de ser colcar de molho e tem um aspecto e consistência um pouco gelatinosas. Seve-se com molho Béchamel  e ervilhas.

Bebidas

  • Julmust (vejam este post)
  •  Mumma –  uma deliciosa bebida com cerveja preta e vinho do porto
  •  Svagdricka – cerveja light
  •  Porter  – cerveja preta
  •  Julöl – cerveja de Natal
  • Snaps : shots de vodka ou akvavit

Sobremesa

Na nossa família há também:

  • Bolo Rei
  • Bavaroise da minha avó Sara (aka Doce Cavalo/Horse Dessert)
  • Crackers, queijos ingleses e vinho do Porto (a sobremesa favorita do meu sogro que viveu muitos anos em Londres)