A Pastelaria · Ana - cozinheira · bolos e sobremesas · Cremes · gelados e mousses · Uncategorized

Ganache de chocolate no forno – uma sobremesa que vai impressionar!

Há uma semana que voltei ao Kramer. Há uma semana que passo todos os serões com o meu viking, ele já começou a ficar nervoso.  Habituado a estar em casa sozinho, desenvolveu os seus próprios hábitos. Vê series das quais eu não gosto, bebe bules de chá, ouve música, um ano e meio de ser adolescente com os pais de fim de semana, e eis que volto eu.

DSC_0687

Deitamo-nos cedo, penso que ainda estarão vocês a jantar, já estamos nós a ler um bocadinho antes de adormecer.

 

Mas tomara, eu levanto-me às quatro da manha!!! Às cinco e meia já estou no serviço de pequeno almoço. Para quem não  toma o pequeno almoço, e detesta ovos, este turno não é fácil, não….

DSC_0679

A sobremesa de hoje tem por base uma receita do Tom o nosso antigo Head chef de quem apesar de tudo temos saudades. Era um HC muito mais criativo, e apaixonado pela cozinha, o que fazia dele um excelente  chef e um péssimo HC.

Já vos mostrei esta sobremesa quando a fiz há umas semanas no Stortorget, e aqui fica a super fácil receita.

DSC_0691

 

Ganache de chocolate no forno com frutos silvestres e suspiro

 

Os elementos da sobremesa são:

– ganache de chocolate no forno (Tom)

– compota de frutos silvestres

– suspiro seco

-chantilly

 

IMG_3600
Uma das minhas últimas noites no Stortorget

 

Ingredientes:

Para o ganache:

200 g de chocolate amargo picado

1 dl de queijo creme

1, 5 dl de natas

1 ovo

 

Preparação:

Aqueçam o forno a 95°C. Forrem um forma de bolo inglês com papel vegetal, barrem com manteiga, reserve.

Derretam o chocolate e as natas em banho Maria ou no micro-ondas com muito cuidado para não queimar. Misturem o ovo e o queijo creme. Deitem o preparado no forno e cozam-no durante 30 minutos. Reservem imediatamente no frigorifico até servir.

 

Para o suspiro:

2 claras de ovo

120 g de açúcar

 

Preparação:

Aqueçam o forno a 100°C. Batam as claras até terem picos leves, acrescentem o açúcar aos poucos até obterem a consistência de um merengue. Espalhem o preparado num tapete de silicone e levem ao forno até secar por completo. (Talvez cerca de uma hora.)

 

Para a compota basta misturarem frutos silvestres congelados, ou outros frutos, com um pouco de açúcar e levarem  o preparado ao lume para reduzir.

 

Vão precisar também de natas batidas em chantilly, eu não uso açúcar.

DSC_0692
Um brinquedo novo 😉

 

Para servir espalhem um pouco de chantilly no prato, por cima coloquem uma fatia do ganache, frutos e decorem com os merengues.

 

A Pastelaria · bolos e sobremesas · Doces, conservas e compotas · Uncategorized

Como fazer uma torta em menos de 15 minutos e um presente inesperado

Recebi há umas semanas da Quinta de Jugais um delicioso pacote com quatro das suas maravilhosas compotas.

Para um blogue como a Padaria, tao pouco  habituado  a colaborações com marcas e produtos portugueses, esta foi uma inesperada surpresa que me encheu de alegria.

DSC_0708

Depois do contacto inicial com a Mariana, acordei com muito gosto provar e fazer algumas receitas com estes produtos.

Eu não sou muito adepta de publicidade no meu blogue como certamente já terão notado, mas com nomes como Pêra Rocha e Vinho do Porto ou Abóbora e Amêndoa, como poderia resistir?

DSC_0711

A minha primeira sugestão é uma torta básica e super rápida que se faz em minutos, recheada com o delicioso doce de abóbora.

DSC_0713

Esta receita é uma variação da massa de bolos básica Genoise, o equivalente ao nosso pão de ló, e que por ser tão simples precisa sempre de uma ajudinha, neste caso um doce leve e cremoso com pedacinhos de abóbora e amêndoa.

DSC_0716

Há receitas que nos permitem fazer uma massa mais flexível para tortas perfeitas, mas esta é sem dúvida a mais fácil e rápida, em 15 minutos têm um bolo na mesa.

DSC_0715

 

Torta rápida com doce de abóbora e amêndoa

Ingredientes:

Torta:

  • 3 ovos
  • 85 g de açúcar
  • 85 g de farinha de trigo para bolos (baixo glúten)
  • 3 colheres de sopa de água

 

Para enrolar e rechear:

  • 3 colheres de sopa de doce de abóbora e amêndoa da quinta de jugais
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 1 colher de sopa de açúcar

 

Preparação:

Comecem por aquecer o forno a 180°C.

Barrem um tabuleiro com manteiga e polvilhem-no eventualmente com farinha. Eu uso este.

Numa tigela batam os ovos com o açúcar durante 5 minutos.

Juntem a agua, batam mais um minuto.

Adicionem a farinha peneirada e envolvam sem bater para não perdermos o ar que temos na massa e que vai fazer o bolo crescer.

Deitem o preparado no tabuleiro espalhando bem até aos cantos.

Levem ao forno durante aproximadamente 5 minutos.

Entretanto abram um pano na vossa mesa e polvilhem-no com açúcar e canela.

Abram o frasco de doce de abóbora e tentem não o comer todo à colher.

Assim que a torta estiver cozida virem-na sobre o pano, espalhem por cima o doce e enrolem-na com a ajuda do pano.

Coloquem a torta num  prato de servir e deliciem-se!

A Pastelaria · Cremes · Cremes, molhos, gelados e mousses · Uncategorized

Uma Padaria para todos e a receita básica de Italian meringue buttercream

Gosto de conversar convosco, sabem disso, e na verdade penso que a maioria dos meus leitores gosta de aqui vir não só pelas receitas mas também para ir lendo as minhas novidades e aventuras.

Há alguns anos comecei aqui na Padaria uma pequena série de posts com receitas básicas e passo a passos. Estes são, apercebi-me há pouco tempo, posts com imenso sucesso. É mesmo verdade que, descobri agora que me posso dedicar um pouco mais ao meu blogue, quando  alguém quer fazer esta receita procura no Google –  Anasbageri – profiteroles, ou Ana – Suécia – fondants.

DSC_0672

Saber que usam também a Padaria como uma fonte fiável de receitas e truques, alegra-me imenso. E por isso decidi retomar  mais assiduamente os posts com receitas básicas, e quando necessário mais fotografias dos vários passos da receita, mesmo que estas sejam menos bonitinhas.

Vão ser posts mais práticos e com menos converseta, mas penso que úteis especialmente para quem ainda acha que não sabe cozinhar. Se querem aprender a fazer qualquer coisa na cozinha, ou precisam de uma receita, enviem-me uma mensagem. (Evito em casa comer e cozinhar carne, para o resto não há limites!)

DSC_0669

E sem mais demoras a receita de hoje:

Creme de manteiga com merengue italiano.

Esta receita difere do french buttercream porque aqui temos como base um merengue italiano que se faz batendo as claras e acrescentando calda de açúcar a ferver, batendo depois até arrefecer. Este é o tipo de merengue que prefiro usar também na receita de macarons, e em receitas nas quais as claras  não são de outra forma cozinhadas.

A receita é simples mas recomendo-vos que usem um termómetro para medir a temperatura do açúcar. Vejam o que eu uso aqui.

 

Ingredientes:

2 claras de ovo

120 g de açúcar

3 colheres de sopa de água

120 g de manteiga à temperatura ambiente

baunilha ou raspa de limão ou  o sabor que queiram acrescentar

 

Preparação:

Levem ao lume  o açúcar e a água

Batam as claras em castelo.

Quando o açúcar chegar à temperatura de 116°C deitem-no sobre as claras sem parar de bater.

(Deitem o açúcar junto à parede da tigela para evitar que seja apanhado pelas pás da batedeira diretamente e acabe por vos queimar.

Ao principio a mistura vai parecer um pouco líquida, mas continuem a bater até que esteja completamente fria e mais durinha.

Acrescem, sempre a bater, (pobres batedeiras), a manteiga em cubinhos pequenos aos poucos de cada vez e deixando que incorpore bem entre cada adição.

Reservem no frigorifico até utilizarem para decorarem por exemplo cupcakes. (eu costumo congelar quando me sobra algum creme de manteiga. Antes de o voltar a usar, descongelo-o à temperatura ambiente e volto a dar-lhe uma batida antes de usar.