Ana - cozinheira · bolos e sobremesas · Cremes, molhos, gelados e mousses · desafios receitas · gelados e mousses · Restaurantes

Julho e……Filipa F., este é para ti.

Julho é aqui o Agosto de Portugal, os suecos geralmente calmos e caladinhos, calcam os flip flops, pegam na criançada e vão de férias. São por umas semanas reis, querem descansar, querem sol e querem comer….muito.

DSC_0914

Continue a ler “Julho e……Filipa F., este é para ti.”

A minha vida na Suécia · bolinhos e bolachas · bolos e sobremesas

Financiers de coco e pêssego e coisas de fruta.

Os pêssegos com a sua textura fresca e carnuda e a cor quase dourada, são um dos reis do verão e foram eles os escolhidos pela Marta como ingrediente do mês de Julho.

DSC_0977

Continue a ler “Financiers de coco e pêssego e coisas de fruta.”

A minha vida na Suécia · Cremes, molhos, gelados e mousses · gelados e mousses

Não tens frio?…. E o gelado que devia ser obrigatório comer às sextas-feiras.

Há dois anos que não vou a Portugal para o Natal, e à exceção das saudades da minha família que apertam por essa altura, ir a Portugal de Inverno não me faz falta  nenhuma.

A verdade caros leitores, é que ainda não aterrei na Portela e já estou a tremer de frio. Voltam a frieiras e as camadas de roupa em casa, dormir de meias, as toalhas frias na casa de banho, o frio ao sair do duche!

DSC_0520-2

A casa dos meus pais é confortável, cheia de radiadores, lareira, lençolinhos   de flanela! Mas não é a mesma coisa.

DSC_0517-2

 

“Não tens frio?” – Pergunta-me a família quando me vê de top e dedinhos dos pés de fora em Fevereiro.

Ah! As alegrias do aquecimento central!

DSC_0524-2

Como não temos frio em casa, ter de optar por chocolate quente e sopas de inverno por necessidade, é um problema que não se põe. O viking continua a beber cerveja, e eu quando posso e tenho tempo, faço gelados.

A receita de hoje é ideal para ser saboreada debaixo das mantas, ou não, numa sexta feira à noite preguiçosa enquanto vemos um filme.

DSC_0521

 

Fazer gelado em casa pode parecer complicado, mas de facto é um processo simples e rápido. Podem preparar esta receita ainda que não tenham sorveteira em casa, basta que coloquem o preparado no congelador e o vão batendo  de vez em quando para evitar que ganhe muitos cristais.

DSC_0523-3

Como já vos disse, a cremosidade dos  gelados e sorbets depende da quantidade de gordura, açúcar e álcool das receitas. Se optarem por usar apenas leite, ou natas magras, se cortarem na quantidade de açúcar da receita vão obter um gelado mais parecido a um bloco de gelo.

DSC_0528-2

Se vão por exemplo servir este gelado num jantar e querem prevenir que derreta rapidamente acrescentem ao preparado uma folha de gelatina demolhada. (O  gelado que eu faço é só meu e do viking e é conido directamente  da caixa…ah!)

 

 

Gelado de pipocas e caramelo salgado

 

Ingredientes:

1 pacote de pipocas de micro-ondas

50 g de açúcar

30 g de manteiga

1 pitada de sal

 

Para o gelado

4 gemas (usem as claras para por exemplo fazer macarons)

125 g de açúcar

2,5 dl de leite

2,5 dl de natas

 

Preparação:

numa panela grande derretam o açúcar e a manteiga em lume brando até fazerem um caramelo dourado, salpiquem com sal.

Acrescentem as pipocas já preparadas e misturem bem.

Retirem  as pipocas suficientes para decorar (1/4 do pacote)

Levem de novo a penela ao  lume, acrescentem as natas e o leite.

Entretanto batam as gemas com o açúcar.

Quando as natas, o leite e as pipocas levantarem fervura, tirem do lume, cubram com pelicula aderente e deixem a infusão descansar 30 minutos.

 

Passem o preparado por um passador de rede fina, juntem as gemas e levem ao lume até atingir a temperatura máxima de 85°C, eu tiro o meu do lume aos 82°C.

Se a temperatura ultrapassar os 85°C as gemas começam a coagular e o gelado vai saber a ovos mexidos.

Se não têm um termómetro, basta ir testando se o creme está pronto passado o dedo nas costas da colher de pau até notarem que a marca do dedo permanece uns segundos.

 

Retirem do lume, passem o preparado por um passador de rede fina, esfriem e gelem seguindo as indicações da vossa sorveteira o como vos indiquei acima.

Ana - cozinheira · bolos e sobremesas

A sobremesa do menu de S Valentim no restaurante que vai fazer sucesso em vossas casas – Fondants de chocolate com caramelo, gengibre e framboesas

Só com este título até eu já estou cansada!
Esta é a sobremesa que vamos servir sábado na noite de S. Valentim. Não temos uma mesa livre, e tendo em conta que há sempre quem apareça à última da hora sem ter feito marcação, vai ser uma noite em cheio! Já vos contei que o ano passado o jantar desta note foi uma catástrofe e por isso este ano tínhamos não só de ter um menu catita, como de fazer um serviço impecável.
Fiquei surpresa quando o head-chef me disse para escolher a sobremesa, poder escolher um prato para o menu é uma honra, para “este” menu é ainda mais especial.

DSC_02401
(E é por estas e por outras que mesmo que o HC não seja perfeito e por vezes tenhamos vontade de atirar com o avental e gritar-lhe “faz tu!”, lhe somos tão dedicados e nunca lhe dizemos não.)

Fazer fondants perfeitos à lá minute para mais de cem pessoas é difícil, não vos vou mentir. Há dois anos estive na estação de sobremesas na passagem de ano, e por pouco não chorei.
Tínhamos cento e cinquenta convidados e o head-chef….(momento de lhe apertar o pescoço) só tinha encomendado 12 ramekins. Doze!!! Para cento e cinquenta pessoas!!!

Para o S. Valentim eu podia e devia ter escolhido uma sobremesa mais simples (porque só temos dois fornos que vamos usar para o prato principal ao mesmo tempo que eu cozo os fondants), mas o que é um serviço se não acabar tudo aos gritos e ataques de nervos na cozinha e clientes deliciados na sala de jantar?

E haverá sobremesa mais kitsch e romântica do que fondants de chocolate?

DSC_0243a

Esta sobremesa é fácil e com alguns truques até os noviços na cozinha podem fazer um brilharete. Se nunca fizeram fondants vejam o meu passo a passo aqui.

Aqui fica o guia para a sobremesa perfeita com muito pouco trabalho e um grande sucesso.

Vão precisar de:
– meia receita dos meus fondants de chocolate ( o suficiente para 4 ramekins)
– centros de caramelo para os fondants
– merengues de gengibre
– chantilly
-sorbet de framboesa (comprem já feito)
– framboesas frescas
– canudos de chocolate ou outras decorações

DSC_0248a

De véspera podem:
Fazer a massa dos fondants e colocá-la nos ramekins
Fazer os centros de caramelo e congelá-los
Bater o chantilly
Fazer os merengues com as duas claras que vos sobraram da massa de fondant

20 minutos antes de servir:

Tirem os fondants do frigorífico, coloquem um centro congelado dentro de cada um, e levem-nos ao forno pré-aquecido a 180°C por aproximadamente 10 minutos. (Esta operação vai de-pender dos vossos fornos e tamanho dos ramekins por isso aconselho-vos a fazer um teste an-tes)
Decorem os vossos pratos e tirem o sorbet do congelador.
Desenformem cuidadosamente os fondants, terminem o empratamento com o sorbet e sirvam imediatamente.

As receitas:

Fondants – vejam aqui

Centro de caramelo salgado:

1 dl de leite
1 dl de açúcar
Sal

Preparação:
Levem a lume brando o leite e o açúcar até obterem um caramelo claro. Deitem em mini for-minhas de silicone (estilo para fazer pralinês ou gelo) salpiquem com sal e levem ao congela-dor.

Merengues de gengibre:

Ingredientes:
2 claras (vão ter imensos merengues)
6 colheres de sopa de açúcar
Gengibre em pó a gosto

Preparação.
Batam as claras em castelo, acrescentem aos poucos o açúcar e gengibre. Com um saco de pas-teleiro façam pequenos merengues e levem-nos ao forno até estarem secos e estaladiços (95°C)